Postura estática em pé e Dor

Publicado por Heric Lopes em

 

 

Estudo analisou a diferença entre a lordose lombar e a orientação do sacro na posição estática em pé em indivíduos assintomáticos e indivíduos com dor lombar.

 

“Pode-se concluir que a postura estática em pé é altamente INDIVIDUAL e pobremente reprodutível, independente da idade, gênero, altura, IMC e massa corporal. Pacientes com dor na coluna e atletas não demonstraram comportamentos diferentes quando comparados aos não-atletas assintomáticos.”

 

Por isso devemos parar de dizer às pessoas que elas têm uma postura ruim.

 

Isso não existe!

 

O que existe é uma variação normal que não se correlaciona com a dor.

 

É importante entender o que é dor para tratá-la.

 

 

APENAS 7% dos currículos das faculdades de Fisioterapia no 🇧🇷 oferecem cursos específicos sobre a dor.

 

S E T E  P O R  C E N T O !

 

E aqueles que oferecem, não cobrem o conteúdo recomendado pela Internacional Association for the Study of Pain (IASP).

 

Isso implica que a grande maioria dos fisioterapeuta no Brasil, tratam a dor de maneira equivocada, atribuído às causas da dor, por exemplo, às variações posturais normais, tentando corrigi-las.

 

Será que um dia isso mudará?

 

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0021929017303135

https://academic.oup.com/ptj/advance-article/doi/10.1093/ptj/pzy091/5067310

 

#dor #postura #fisioterapia #fisioterapeuta#educacao #fisionapauta


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *